quinta-feira, 26 de junho de 2008

Cicatriz


"The Chemical Of Us" - Frank To

Escrever para a escuridão
é um ofício de luzes
e nós continuamos
à procura do sagrado dos dias
ou do chicote do amor
do inferno da graça
entre a permanência e a destruição
um movimento intenso para um nascer
um sentido para fora
uma contracção
um sentido como uma rosa altiva
uma boca metódica conceptual
uma flor de violenta paisagem
onde se presume a ausência da sombra
uma ilha desaparecida na plataforma do tempo
e uma canção para abraçar os extremos
a humanidade do teu rosto caído
essa grande cidade perfeita
como um talher que corta com simplicidade o meu peito
num piscar de olhos como um relâmpago
para ferir a carne desamparada
no cimo dos mais altos montes
a cor mais intensa da brilhante cicatriz.

3 comentários:

TCHI de Tchivinguiro disse...

Escrever alonga a paz da alma...

Abraço.

JRL disse...

escrever para a escuridão é um ofício. pois é. gosto muito de te ler, carlos. um grande beijo.

~pi disse...

flores amarelas:~

algumas

nascem

de

cicatriZes



~