domingo, 15 de junho de 2008

Estrelas


"The Dark River To Antares" - Maximo Ruiz

Os melhores dias afundados na medula do tempo
as ruas interiores sob as escondidas paisagens nocturnas
a viagem e o convite à viagem
as margens abertas no dentro de um ventre
o húmus primacial feminino
um deus na tonalidade do vento
que arrasta para a parábola a ferida
um corpo revelação para animais famintos
a ocultação do anunciado
o reencontro por entre flocos de neve perdidos
sob a mesa do olhar senta-se a cúpula celeste
A plenitude da noite deitada no esquecimento
do teu sorriso
puros fragmentos de luz
os teus olhos
estrelas…

2 comentários:

alice disse...

"húmus primacial" masculino, o do poema.

CMondim disse...

a luz das estrelas é o agora do passado.