quinta-feira, 10 de julho de 2008

Beautiful Present


Robert Ketchum

Uma vírgula pode fazer todo o sentido
neste texto demasiado inútil
um sopro
onde persiste o teu silencio em cada osso
aves impossíveis à transparência do sonho
ondulações subtis
recados de espuma
desconcertante sinfonia
semeada a meus pés
mastros matinais de navios fantasmas
velas de pendurar as horas da tarde
um risco de luz
o teu verdadeiro nome
beijo de água
tu danças à minha volta
eu mergulho em ti
eu sou profundamente em ti
e estou no sitio certo para deixar de respirar.

7 comentários:

Maria disse...

estás, mas não deixes de respirar...
... como podes escrever depois?

Um beijo

isabel mendes ferreira disse...

faz toda a diferença.


uma vírgula.


a exclamar-se!



abraço.



(grato)

Baby disse...

"Tu danças à minha volta
E eu mergulho em ti", e ambos mergulham na música que a faz dançar. Não percas nem uma vírgula...
Obrigada pela tua visita e pelo lindo comentário.
Deixo um beijo.

M. disse...

e eu transporto a vírgula para onde eu quiser. transponho múltiplos sentidos. meus.


beijo

andorinha disse...

... e eu no sítio certo para me deixar fascinar pelas palavras.

TCHI de Tchivinguiro disse...

Uma vírgula que pode pousar num abraço,

abraço

Ad astra disse...

porque faz sempre todo o sentido, tudo o que (d)escreves?!

Um beijo grande