terça-feira, 25 de setembro de 2007

Não tenho....



Bill Brandt

Não tenho casa sem ser a dos teus cabelos devolvidos ás minhas mãos
Não tenho olhos que não sejam a cegueira dos teus beijos
Não tenho sombra que não seja a luz que diariamente me forneces
Não tenho dores que não sejam as do medo de te não mais encontrar
Não me tenho a mim porque sou teu e nesse perder me achei
Não tenho boca para dizer as palavras que merecias ouvir
E triste estou por me faltar talento e inspiração.



5 comentários:

JRL disse...

Meu querido Carlos,
Talento é coisa que não te falta. Tens um dom. Usa-o e não lhe voltes as costas. Beijo gd

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Concordo com a JRL, ou não fosses tu o único que poética e sabiamente coloca «As mãos por dentro do corpo».

Ad astra disse...

Ja disseram tudo!
Apenas me resta concordar.

E tristes ficamos quando não estás aqui

beijo terno

CMondim disse...

Tenho tantas vezes esse sentir. inspiração e talento quão intangiveis e etéreos ...

Utzi disse...

Lindo poema.

Beijo